História dos Charutos Dannemann

Código: 8AXVT8ZZV
R$ 90,00 R$ 75,00
até 12x de R$ 6,25 sem juros
Comprar Estoque: Disponível
    • 1x de R$ 75,00 sem juros
    • 2x de R$ 37,50 sem juros
    • 3x de R$ 25,00 sem juros
    • 4x de R$ 18,75 sem juros
    • 5x de R$ 15,00 sem juros
    • 6x de R$ 12,50 sem juros
    • 7x de R$ 10,71 sem juros
    • 8x de R$ 9,37 sem juros
    • 9x de R$ 8,33 sem juros
    • 10x de R$ 7,50 sem juros
    • 11x de R$ 6,81 sem juros
    • 12x de R$ 6,25 sem juros
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

Aos três anos de existência, a Dannemann & Cia. obteve o primeiro prêmio internacional, uma Medalha de Ouro, na Exposição Universal de 1876, realizada nos Estados Unidos. Na Europa, a Dannemann obteve a primeira premiação em 1882, na Exposição Brasileira de Berlim, com um diploma de Honra ao Mérito. Como prêmio pelo transcurso dos dez anos na fabricação de charutos, o imperador dom Pedro II concedeu-lhe, em 1883, o direito de usar o título de ‘Imperial Fábrica de Charutos’. 

Possuindo três fábricas (São Félix, Muritiba e Maragojipe), a empresa brasileira mais premiada em exposições internacionais saiu do controle da família Dannemann em 1922, passando a pertencer ao grupo 'Herm. Stoltz', com sede no Rio de Janeiro, mas sob controle de uma empresa homônima, localizada na Alemanha. 

A Stoltz já possuía uma fábrica de charutos em São Félix, a Stender & Companhia. Os dois fabricantes foram reunidos numa sociedade anônima, com o nome de Companhia de Charutos Dannemann, consolidando a posição da Dannemann como  maior fabricante de charutos brasileiros.

Com a entrada do Brasil na Segunda Guerra Mundial, a Dannemann sofreu intervenção governamental. Finda a guerra, a empresa passou ao controle de acionistas brasileiros e teve a razão social alterada para Companhia Brasileira de Charutos Dannemann. 

Produtos relacionados

R$ 90,00 R$ 75,00
até 12x de R$ 6,25 sem juros
Comprar Estoque: Disponível
Sobre a loja

Ubaldo possui dezenas de trabalhos centrados nas temáticas em que é especialista: turismo, cultura, história do Rio Vermelho, história dos charutos, histórias de Caramuru e Catharina Paraguassú, biografias familiares e empresariais. Das 21 obras editadas, 14 estão relacionadas com o Rio Vermelho.

Social
Pague com
  • PagSeguro
Selos
  • Site Seguro

Ubaldo Marques Porto Filho - CPF: 048.093.605-63 © Todos os direitos reservados. 2021